O ano de 2019 deve marcar a despedida dos gramados de um dos maiores jogadores espanhóis de todos os tempos. Aos 38, Xavi dá seus últimos toques na bola com a camisa do Al Sadd, do Catar, país que escolheu para encerrar a carreira e talvez começar uma nova, como treinador. Também é o principal garoto-propaganda da sede da Copa do Mundo de 2022.

Em entrevista em Doha, o meia contou detalhes dos seus planos para quando pendurar as chuteiras e também apontou grandes momentos da sua vida profissional ao lado de craques lendários do futebol. Quer, no entanto, evitar comparações com Guardiola, que foi jogador do Barça, também passou pelo Catar antes de parar de jogar e depois ganhou tudo logo em sua primeira passagem como técnico do time principal culé.

– Minha ideia é terminar este ano (ao fim da temporada). Coloquei na cabeça que será o último ano, estou aproveitando no campo, me sinto bem, sigo com meus companheiros sendo competitivo em outro nível, mas minha ideia é terminar esse ano e começar o próximo ano como treinador. Onde for. A ideia é ouvir o chefe (presidente do Al Sadd) sobre o que quer, o projeto que seja melhor para mim e para todos. Mas ideia é começar como treinador já na temporada seguinte – disse Xavi.

Confira trechos da entrevista com Xavi

Por Marcos Uchôa e Rodrigo Cerqueira para o site GloboEsporte.com
Foto: Neville Hopwood/Getty Images

Compartilhe
WhatsApp Chat
Enviar

LOCALIZAÇÃO

Rua Solimões, 456 – Barra Funda
São Paulo – 01138-020

ATENDIMENTO

sitrefesp@sitrefesp.org

11 3392-5200 / 3392-5015
11 98432-4738