O diretor jurídico da CBF, Carlos Eugenio Lopes deu parecer contrario na ação fiscalizadora exercida pelo Conselho Regional de Educação Física junto aos treinadores de futebol.
Para Eugenio Lopes, O CREF não tem competência e nem poder para fiscalizar os treinadores e que os atos fiscais praticado é ilegítimo e ilegal.

Confira abaixo o parecer na integra.

Compartilhe
WhatsApp Chat
Enviar

LOCALIZAÇÃO

Rua Solimões, 456 – Barra Funda
São Paulo – 01138-020

ATENDIMENTO

sitrefesp@sitrefesp.org

11 3392-5200 / 3392-5015
11 98432-4738